Menopausa: saiba reconhecer os sintomas e manter a qualidade de vida
Os primeiros sinais chegam quando a mulher tem entre 45 e 55 anos.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
19-02-2018         Categoria: Saúde             Deixe Comentário

Apesar do nome causar desconforto para algumas mulheres, a menopausa é em um processo biológico e natural. Ela acontece quando os ovários deixam de produzir o estrogênio e a progesterona, resultando na suspensão da menstruação. 

Antes da chegada da menopausa – no período de transição – algumas mulheres poderão observar alterações no ciclo, como intervalos menores entre eles ou até meses sem menstruação. O fim do ciclo menstrual se dará por volta dos 50 anos, podendo variar um pouco para menos ou para mais.

Os sintomas mais comuns da menopausa são:

• Ondas de calor

• Suor noturno

• Alterações no sono 

• Secura vaginal

• Dor durante a relação sexual

• Diminuição da libido

• Ganho de peso

• Alterações de humor

• Sintomas depressivos

Algumas mulheres optam pela terapia de reposição hormonal, que consiste na utilização dos hormônios que não são mais produzidos pelos ovários.

Apesar de o tratamento ajudar a reduzir as ondas de calor e aumentar a lubrificação vaginal, o uso dos hormônios aumenta o risco para o câncer de mama, assim como acidente vascular cerebral, trombose venosa profunda e embolia pulmonar. Por isso, é importante avaliar com o médico os prós e contras e a via de administração do medicamento.

Para aquelas que optam pelo tratamento, a atual recomendação é que a terapia de reposição hormonal não seja feita por mais de cinco anos. Mulheres com antecedente de câncer de mama, doença coronariana, acidente vascular cerebral ou sangramento genital sem causa definida não são recomendadas a fazer o tratamento.

Menopausa e qualidade de vida

Mulheres que têm uma alimentação balanceada, praticam atividade física, têm vida social ativa, não fumam e não fazem uso de bebidas alcoólicas em grandes quantidades, tendem a passar por essa fase com mais qualidade de vida. Veja algumas dicas que poderão auxiliar nesse processo:

 

1. Tente identificar o que ocasiona as ondas de calor

Algumas mulheres percebem que determinados alimentos ou situações, como cafeína, álcool, alimentos picantes e estresse aumentam esses sintomas. Evitá-los pode trazer ganhos para o dia a dia.

2. Alimente-se bem

A alimentação é importante ao longo de toda a vida. Mas na menopausa aumentam as chances de a mulher desenvolver algumas doenças, como a osteoporose, por isso alimentos ricos em cálcio e vitamina D são importantes nesse período. Inclua também, verduras, legumes, frutas e leguminosas.

3. Durma o suficiente

As alterações hormonais da menopausa podem interferir na qualidade do sono, por isso evite alimentos que possam potencializar a insônia como a cafeína e o álcool.

4. Relaxamento

Praticar meditação, massagens relaxantes e outras técnicas de relaxamento ajudam a acalmar o corpo e a mente auxiliando na qualidade de vida.

5. Controle o peso

Coma mais frutas, vegetais e legumes e evite alimentos com gordura saturada e açúcar. O excesso de peso pode prejudicar o coração e facilitar o aparecimento de doenças cardiovasculares.

6. Não fume

O cigarro não só prejudica a mulher na menopausa, aumentando as ondas de calor, como também é responsável por inúmeras doenças como câncer de pulmão e acidente vascular cerebral (AVC).

7. Faça exercícios regularmente

Além de proteger o organismo de doenças, a pratica de atividade física ajuda a manter a mente em equilíbrio, aumenta a autoestima e promove a socialização.


Texto: Jailde Barreto / Design: Carolina Moura

Fonte: Hospital Albert Einstein/ Ministério da Saúde/ Mayo Clinic

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.


 
Comentários
 


Voltar
 
 
 
 
 
Categorias:
Saúde
Receitas
Planos de Saúde
Notícias
Eventos
Esporte
Doenças
Bem Estar
Atualizações
Alimentação
 
Últimas Postagens
                   
 
 
 
 
 
 

 

Trav. Dom Amando, 911, Santa Clara, Santarém - PA CEP: 68005-420 Telefone: (93) 2101-9000 Fax: (93) 2101-9007 Copyright 2018. Todos os direitos reservados