Você já comeu PANC?
Conheça as Plantas Alimentícias Não Convencionais e descubra se está deixando de consumir algo que está disponível perto de você
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
21-02-2018         Categoria: Saúde             Deixe Comentário

O nome é diferente, mas quando você as conhecer, talvez descubra que elas já faziam parte do seu dia a dia há muito tempo. Estamos falando de hortaliças, frutas, flores ou ervas que crescem naturalmente em diversos locais. Não! Elas não são matos. São Plantas Alimentícias Não Convencionais, conhecidas como PANC. A taioba, beldroega ou ora-pro-nóbis, por exemplo, podem render pratos deliciosos e são fácies de plantar. Saiba mais sobre algumas PANC. 

 

 

Azedinha

É uma folha ácida e, por isso, dispensa tempero no preparo de saladas. É rica em ferro e pode garantir boas receitas de sucos e geleias. 

 

 

Beldroegão

Também conhecida como major-gomes ou língua-de-vaca, as folhas do beldroegão podem ser consumidas em saladas ou refogadas. Pode ser cultivada em vasos e ao sol. É fonte de magnésio, cálcio, zinco e proteínas.

 

 

Bertalha

Muito comum no Rio de Janeiro, a bertalha tem origem asiática. Seu sabor lembro o da folha da beterraba. Pode ser consumida refogada e ou em recheios de pasteis, por exemplo.

 

 

Capuchinha

De flores coloridas e comestíveis, a capuchinha tem folhas picante que lembra o agrião. Pode ser utilizada no preparo de saladas, pestos e omeletes. 

 

 

Caruru

Muito comum e popular em cidades interioranas, o caruru tem sabor muito semelhante ao espinafre. Acompanha os preparos de carne, angu e feijão. 

 

 

Celósia

A celósia é uma espécie de planta ornamental. Suas sementes são comestíveis e nutritivas, já as folhas são boas opções para quiches e tortas.

 

 

Folha de batata-doce

Muitos não sabem, mas as folhas da batata-doce são ricas em nutrientes e antioxidantes. Podem ser consumidas da mesma maneira que a couve e o espinafre.

 

 

Ora-pro-nóbis

Muito utilizada como cerca viva, a ora-pro-nóbis é mais comum na culinária mineira. Possui folhas largas e flores brancas. Seu principal valor nutricional está nas fibras e proteína, mas contém também vitaminas, ferro, cálcio e fósforo. Suas folhas e flores são usadas no preparo de omeletes, tortas, ensopados, bolos e saladas.

 

 

Peixinho

Essa folha felpuda tem esse nome porque seu sabor lembro o de um peixe. Por isso, geralmente, é consumida empanada e frita ou no preparo de lasanha, massas ou risoto.

 

 

Taioba

Já conhecida da cozinha caipira, a taioba só pode ser consumida cozida no acompanhamento de feijoada ou como charutinho. É também tradicional na culinária de Porto Rico e Índia.

 

 

Atenção!

Muitas plantas têm nomes populares que podem gerar confusão. Antes de consumir tenha certeza de que se trata de uma PANC!


Texto: Jailde Barreto / Design: Carolina Moura

Fonte: Mais que Receitas – comida de verdade. Observatório de Políticas de Segurança Alimentar e Nutrição (NUT/FS/Universidade de Brasília). 2016/ Guia Prático de PANC Plantas Alimentícias Não Convencionais. Guilherme Reis Ranieri. Instituto Kairos. 2017

Conteúdo aprovado pelo coordenador técnico-científico do Portal Unimed.


 
Comentários
 


Voltar
 
 
 
 
 
Categorias:
Saúde
Receitas
Planos de Saúde
Notícias
Eventos
Esporte
Doenças
Bem Estar
Atualizações
Alimentação
 
Últimas Postagens
                   
 
 
 
 
 
 

 

Trav. Dom Amando, 911, Santa Clara, Santarém - PA CEP: 68005-420 Telefone: (93) 2101-9000 Fax: (93) 2101-9007 Copyright 2018. Todos os direitos reservados